Urandir | Web Brasil

Urandir apresenta galeria de fotos da pesquisa em Pamukkale na Turquia 2013. Urandir liderou a 7a Expedição Zigurats. Em Pamukkale se encontram as ruínas da cidade grega de Hierápolis e as belezas do famoso Castelo de Algodão. Urandir coletou diversas informações no local, em especial no que restou de Hierápolis. Cruzando essas informações com as já coletadas em outros locais do planeta, Urandir afirma que já tem dados suficientes para mudar as idéias da origem das civilizações.

Confira abaixo as fotos dessa pesquisa.

Urandir-2013Urandir-CastelodeAlgodao Urandir-formacao em PamukkaleUrandir-HieropolisUrandir-Muro em  HierapolisUrandir-Pamukkale 2013Urandir-ruinas de HierapolisUrandir-Turquia

Originally posted 2013-11-14 05:35:23. Republished by Blog Post Promoter

Bilu explica o formato da terra

janeiro 27th, 2015

Conforme prometido há 60 dias, o ET Bilu reapareceu na noite do dia 11 de junho na Fazenda Portal, município de Corguinho/MS para fazer sua primeira revelação à humanidade, gravando a informação durante conversa com o presidente da Associação Projeto Portal, o pesquisador e ufólogo Urandir Fernandes de Oliveira que, com certeza, vai causar muita polêmica no que se refere ao formato e à geografia terrestre.

 

 

O ET Bilu afirma que a Terra não é redonda, muito menos uma batata ou geóide, mas convexa nas formas continentais, com os mares nivelados em toda a sua borda coberta de gelo. E mais: a geografia terrestre é diferente do modelo que conhecemos principalmente no que se refere à posição dos continentes. O que vemos em relação ao formato da Terra não passa de ilusão de ótica.

 

 

Assista ao vídeo e entenda a teoria do ET Bilu sobre a Terra. Você concorda com isso?
Os pesquisadores do Projeto Portal, junto com outros cientistas da área, farão os testes propostos pelo ET Bilu e irão divulgá-los na medida em que os mesmos forem concluídos. Bilu voltará com novas informações, não só sobre o formato da Terra, mas sobre a origem do homem, sobre Jesus Cristo, sobre Deus – o Arquiteto do Universo e muito mais.

Originally posted 2011-06-29 23:26:00. Republished by Blog Post Promoter

Urandir – Sua adolescência

janeiro 25th, 2015
A paranormalidade da pessoa causa efeitos por sua mente, intuída com a força da energia mental, fora dos limites da experiência normal ou dos fenómenos explicáveis cientificamente. O poder da mente vem sendo muito pesquisado. Quando usado com equilíbrio, é fonte de segurança, de sentido existencial profundo e de auto-imagem magnetizante. A mente se compara a uma floresta virgem: domina-a quem nela se embrenha.
Desde pequeno, Urandir se embrenhou na floresta da mente, conseguindo dominar os próprios caminhos.
Em 1966, quando surgiu a televisão com imagens em preto e branco, sua cidade natal exibiu o primeiro aparelho em praça pública. Fascinado pelo novo invento, Urandir fez-se presente ao ato. Urandir Ficava irritado quando o monitor trocava de canal a seu bel-prazer, pois desejava assistir ao programa até ao seu final. O que fez? Não suportando o troca-troca de canais, o pré-adolescente Urandir pôs sua mente em ação e evitou que o aparelho sintonizasse outro canal. Aconteceu que, a partir daí, Urandir interferiria também no televisor do pai. E começou a interferir também em outros aparelhos eletrônicos e a fazer alterações substanciais em certos objetos. Na fase da pré-adolescência, a energia da pessoa se potencializa e, aliada à força mental, pode operar coisas extraordinárias. Certo dia, aos treze anos, enquanto estava almoçando, Urandir percebeu que seu garfo havia entortado e ferido seus lábios. Inconformado, jogou-o no chão. Ato contínuo, ajuntando o garfo, este continuou a vergar-se mais e mais, até quebrar. Isto aconteceu no exato momento em que Uri Gueller apareceu num programa de televisão entortando um garfo. Estava em ação a força do pensamento positivo, atuando sobre o talher. Maravilhado, surgiu na ideia do irritadiço menino uma luz que o fez exclamar de satisfação:
Ah! É isso que eu faço!…
Foi o momento em que tudo se tornou claro para Urandir. Associando os fatos, entendeu que, por meio do pensamento positivo, poderia manipular a matéria e interagir com algo fora do normal. Tudo se  tornou mais fácil.
Na pré-adolescência, Urandir conseguia manipular a própria energia com facilidade. Tinha a convicção de que o potencial energético que a mente lhe proporcionava lhe era muito útil. Firme no propósito, Urandir usou o valioso potencial direcionado tão-somente para coisas positivas. Sua vida na escola mudou. De forma intuitiva, Urandir começou a orientar os colegas de classe. Dizia, por exemplo, a um e a outro: Fale isso e aquilo para sua mãe. Ela vai lhe dar o que você quer. Ou ainda: Não faça isso ou aquilo com seus pais. Urandir era bem aceito. Tudo o que dizia acabava acontecendo favoravelmente. A mente pode ser usada em favor do outro: é como ajudá-lo a usar uma fonte de benefícios que está dentro dele.

Leia mais em http://www.urandir.com.br/ufologo.html

Originally posted 2009-05-05 18:03:00. Republished by Blog Post Promoter

Para ajudar os humanos na busca do conhecimento, Bilu solicitou que fosse lançado um Jornal com as informações por ele passadas. Segue o link para baixar o jornal no formato PDF . Baixe já pois é grátis ! E não esqueça de participar da Promoção do BILU : preencha o cupom e ganhe um presente de outro mundo !!! Busque o seu conhecimento !!

 

Baixe já é grátis!!!!!!!

Originally posted 2011-02-24 02:06:08. Republished by Blog Post Promoter

Durante a segunda expedição à Amazônia o Projeto Portal recebeu apoio do Exército Brasileiro. Firmou-se então uma parceria nas pesquisas realizadas na floresta Amazônica. Na selva foram encontradas evidências de remotas civilizações rupestres e antigíssimas marcas circulares atribuidas a pouso de objetos voadores na antiguidade. Urandir Fernandes de Oliveira participou comandando a equipe Zigurats do Projeto Portal.

Originally posted 2009-07-05 17:03:00. Republished by Blog Post Promoter

Bilu no CQC

janeiro 21st, 2015

Bilu reaparece e arrasa no CQC. A matéria de Danilo Gentili foi fiel ao que ocorreu na fazenda durante a estadia da equipe. Bilu desapareceu no solo, flutuou, ficou translúcido e muito nítido no final da reportagem, mas não saiu da moita e Danilo não passou no teste para entregar a concha para ele. Quem passar no teste da concha irá apresentar as 49 raças para o mundo. Então o desafio continua: quem irá tirar Bilu de trás da moita para entregar a concha. Além do programa oficial do CQC desta segunda-feira, dia 8 de novembro, nós vamos mostrar os bastidores da reportagem e as cenas que não foram ao ar que, por sinal, são excelentes.

Originally posted 2011-02-25 01:41:04. Republished by Blog Post Promoter

Urandir Fernandes de Oliveira concedeu entrevista exclusiva ao radialista Edmo Garcia em seu programa Pesquisa Ufológica na Radio Manchete do Rio de janeiro no dia 18 de dezembro de 2008. Nessa entrevista Urandir fez diversas revelações sobre as informações recebidas por extraterrestres.

Originally posted 2009-07-05 17:09:00. Republished by Blog Post Promoter

Quem é Urandir

janeiro 17th, 2015

 Urandir Fernandes de Oliveira conhecido no meio ufológico como UFO (iniciais de seu nome) é o fundador do Projeto Portal, uma associação composta por milhares de membros em todo o Brasil e alguns países da Europa e América do Sul que buscam a evolução mental e efetuam pesquisas em diversas áreas do conhecimento como geologia, biologia, geografia, paleontologia, história, tecnologia, física, química entre outros. Os pesquisadores do Projeto Portal buscam também explicar fenômenos desconhecidos e, muitas vezes, atribuidos à ufologia

Originally posted 2009-07-02 02:27:00. Republished by Blog Post Promoter

Urandir Fernandes de Oliveira realizou uma expedição com outros pesquisadores do Projeto Portal em algumas localidades da França. O objetivo da expedição foi levantar informações sobre a famosa Joana D´arc.

Para isso, o grupo percorreu boa parte da França, visitando desde Domrémy-la-Pucelle, o local de nascimento de Joana em 06 de janeiro de 1412, até a cidade de Rouem, local onde supostamente ela foi queimada viva em 30 de maio de 1431 com apenas 19 anos de idade.

Descendente de camponeses modestos, foi uma mártir francesa canonizada pela Igreja Católica em 1920, quase cinco séculos após sua suposta morte. A pesquisa teve um cunho especial para a Equipe do Projeto Portal, pois foram encontrados indícios indiscutíveis que Joana D´arc conversava com “Anjos de Deus”, que na realidade seriam seres extraterrestres os quais passavam informações importantes. Por conta desses contatos foi perseguida pela Igreja e considerada por muitos séculos uma bruxa herege. Estranhamente após séculos de difamação a própria igreja que a perseguiu, acabou por canoniza-la como uma mártir e santa.

Interessante é compararmos o que ocorreu na época com a perseguição que acontece com quem tem contatos com extraterrestres nos dias atuais. Exemplo simples disso resume-se na figura de Bilu, um ser de origem extraterrestre que já conversou com mais de mil pessoas e mesmo assim a mídia em peso difama e desacredita sua existência.

Originally posted 2010-11-24 04:10:10. Republished by Blog Post Promoter

Paranormal e contatado Urandir Fernandes de Oliveira, fundador do Projeto portal, uma associação composta por milhares de membros que buscam a evolução mental e efetuam pesquisas em diversas áreas do conhecimento como geologia, biologia, geografia, paleontologia, história, tecnologia, física, química entre outros. Os pesquisadores do Projeto Portal buscam também explicar fenômenos desconhecidos muitas vezes atribuidos à ufologia.

Fonte: http://www.paranormalurandir.com.br/

Originally posted 2009-05-27 02:04:00. Republished by Blog Post Promoter

Terceira expedição conheceu as ruínas maias na penísula mexicana de Yucatan e traçou paralelo com as Amazonas

A Expedição Brasil – Equipe Zigurats realizou sua terceira atividade no período de 15 a 21 de janeiro de 2010 na Península de Yucatan, Estado de Quintana Roo, no México, visitando as ruínas da civilização maia nas localidades de Chichén-Itzá, Tulum e Cobá. Participaram da terceira expedição 87 pessoas, entre elas seis da França, entre médicos, advogados, professores, geólogos, estudantes, ufólogos, empresários, etc.

Com o slogan “Revelando o passado para entender o futuro”, a terceira Expedição Brasil, a exemplo das duas realizadas à Amazônia em 2005, os trabalhos se focaram na pesquisa antropológica e arqueológica, desta vez estudando as civilizações pré-colombiana maia, tolteca e asteca e sua influência no momento atual vivenciado pela humanidade e sua ligação com o Brasil, principalmente no que se refere à lenda das “amazonas” que, segundo consta, viveram muitos anos em terras brasileiras com objetivos bem diferentes do que consta da crença popular.

Foram visitadas as ruínas maias de Chichén-Itzá, onde está a pirâmide de Ku-Kul-Kan (nome de um dos principais deuses maias, conhecido como “serpente emplumada”). Ku-Kul-Kan ou o templo das Amazonas (rainhas/sacerdotisas que dirigiam a civilização maia), representa o tempo, muito bem registrado em suas 18 plataformas, sendo 9 de cada lado da escada principal com o simbolismo da divisão do ano solar maia em 18 meses. A cada lado da escadaria principal há 26 baixos relevos, ou seja, 52 painéis por fachada que correspondem ao Ciclo Maia de 52 anos, uma parte do grande ciclo de 5.200 tuns (5.125 anos) entre os raios sincronizadores da galáxia central, período este que se encerra no equinócio de dezembro de 2012, para dar início a outro período de civilização.

Em Chichén-Itzá também foi visto “El Caracol”, um observatório construído há mil anos com a cúpula arrendondada idêntica aos atuais. A torre de El Caracol se assenta acima de quatro espirais, permitindo excelente visão do céu e da paisagem ao redor. Suas fendas ou “janelas” permitem a observação de Vênus, bem como o equinócio do por do sol. Os maias desenvolveram a aritmética de maneira que ela permitiu cálculos astronômicos com uma exatidão admirável. El Caracol foi cuidadosamente alinhado com os movimentos de Vênus.

A segunda visita foi a Tulum na Riviera Maia, também localizada na província de Quintana Roo, perto de Chichén-Itzá, com ruínas arqueológicas que são uma das mais importantes da região. Tulum tem na sua praia de areia branca e nos seus cenotes (poços naturais) como o de Angelica, o seu maravilhoso ambiente natural e seu principal patrimônio. A fundação desta cidade parece remontar ao ano 564 de acordo com algumas inscrições encontradas. No século XV chegaram os espanhóis e no século XVI ficou totalmente desabitada. Ali se encontra o farol que orientava a chegada dos navios maias por intermédio de um jogo de luz natural. Esta cidade era designada pelos maias pelo nome de Zamá, que significa cidade da aurora. Tulum é também uma palavra maia para barreira ou parede, o que se entende facilmente pois a cidade encontra-se rodeada de espessa muralha protetora. Tulum é o terceiro sítio arqueológico do México mais visitado.

A terceira parte da Expedição Brasil – Equipe Zigurats foi às ruínas da cidade da cidade de Cobá, que teve seu apogeu em torno do ano 650. A população de Cobá se utilizava do porto de Tulum para as trocas de mercadorias efetuadas na região. Cobá é uma grande cidade pré-colombiana em ruínas da civilização maia, localizada no Estado de Quintana Roo, Península de Iucatã no México. A maior parte da cidade foi construída em meados do período clássico da civilização maia, entre os anos de 500 e 900 da nossa era. Após 1000, a cidade perdeu importância política, ainda que pareça ter conservado a sua importância simbólica e ritual, que lhe permitiu recuperar certa hierarquia entre 1200 e 1500, quando se construíram diversos edifícios já dentro do estilo “costa oriental”.

Cobá tem como principal monumento a pirâmide de Nohoch Mul ou o “Castillo”, com 42 metros de altura. Possui um observatório astronómico, um campo de jogos para o denominado jogo da bola e uma pirâmide pequena logo na entrada da zona arqueológica.

Nesta localidade, situada dentro de um parque nacional, também foram pesquisadas diferentes estelas, localizadas em diferentes pontos, que corroboram a presença das rainhas (amazonas/sacerdotisas) governantes da civilização maia, que anos mais tarde misturou-se com os toltecas e astecas, sendo que a maior parte de sua população simplesmente desapareceu, deixando no ar um mistério sobre este desaparecimento, que está sendo estudado pela Expedição Brasil – Equipe Zigurats.

Urandir afirma que a expedição foi um total sucesso, foram coletadas muitas informações que estão auxiliando a traçar um paralelo da civilização Maia com a civilização das Amazonas. “Estamos desvendando detalhes importantes de civilizações ancestrais que auxiliarão a nos posicionar na linha evolucional” salienta Urandir.

fonte: http://www.urandirblog.com.br/

Originally posted 2010-02-16 15:42:00. Republished by Blog Post Promoter

Calendário

janeiro 2015
S T Q Q S S D
« dez    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Categorias

Artigos Recentes

Referencias

RSS Noticias Radio Portal FM

  • Previsão do Tempo para as atividades do Projeto Portal
    A Radio Portal FM começa a transmitir de hora em hora boletins com a previsão do tempo exclusiva para as atividades da Associação Projeto portal em sua sede em Corguinho no Mato Grosso do Sul. Fique ligado, planeje sua bagagem e não tenha imprevistos em sua viagem.Radio Portal FM pensando em você ! […]
  • Junho é mês de homenagear Raul Seixas na Portal FM
    Em junho a rádio Portal FM faz uma homenagem ao mês do aniversário do grande ícone do cenário musical e nosso eterno "Maluco Beleza": Raul Seixas. Raul Santos Seixas nasceu em Salvador no dia 28 de junho de 1945. E faleceu em São Paulo no dia 21 de agosto de 1989.Raul Seixas foi um grande cantor e compositor brasileiro, sendo considerado um dos pio […]
Web Design Bournemouth Created by High Impact.
Copyright © Urandir | Web Brasil. All rights reserved.